Um CaSaL d aMiiGoS eStAvAm aNdAnDo de MoTo:

Menina: Vai devagar estou com medo.
Menino: Não, isso é divertido.
Menina: Está me assustando…
Menino: Então Diz que me ama!
Menina: Eu te amo, agora vai devagar.
Menino: Então me abraça! – menina o abraçou.
Menina: Agora vai devagar.
Menino: Tira o meu capacete e coloca em você, ele está me machucando.
Menina: Está bem.

No jornal do dia seguinte:
ACIDENTE: uma moto estava com o freio estragado, haviam duas pessoas e apenas uma sobreviveu.

MORAL:
Quando o amigo descia o morro viu que o freio não estava funcionando,
então quis ouvir pela última vez a menina dizer que o amava, depois de
sentir o seu abraço pela última vez, e pedir para ela colocar o
capacete dele nela, para apenas ela sobreviver!