Uma mexicana de 66 anos enfrentou a bofetadas dois assaltantes, um dos quais armado com uma submetralhadora Uzi que chegou a apontar para ela, e acabou colaborando com a prisão de um deles, informou hoje o jornal “El Universal”.

Os ladrões estavam em um grupo de cinco assaltantes armados que acabava de roubar um homem em frente a um banco na cidade de San Luis Potosí, capital do estado homônimo.

Segundo o “El Universal”, os cinco assaltantes fugiam em dois carros, um dos quais bateu na caminhonete conduzida pela mulher -que não foi identificada pelas autoridades, conduzia uma caminhonete-, com sua irmã de 78 anos na carona.

Após a batida, a idosa perseguiu e fechou a passagem dos dois ladrões que estavam no carro para reclamar com eles sobre o dano de sua caminhonete, enquanto os outros três cúmplices escapavam por outra rua.

Um dos homens desceu do carro e apontou-a uma submetralhadora tipo Uzi, de fabricação israelense, ao que ela respondeu com uma bofetada.

Após uma breve discussão, os dois bandidos tentaram colocá-la em uma casa próxima, por razões ainda desconhecidas, mas ela resistiu e os forçou a fugir a pé do local.

Instantes depois, dois policiais de carro passaram e prenderam um dos assaltantes, apreendendo a metralhadora e uma pistola.

Os outros quatro conseguiram fugir.