Primeiro, ele passou a camisa na bola com cuidado, para secá-la. Depois, amarrou o laço da chuteira do pé direito e contou três passos para trás. Orientou os dois homens que tinha pedido na barreira até soltar o chute preciso. Este foi parte do ritual de Marcos Assunção antes de fazer, de falta, o terceiro gol da vitória palmeirense sobre o Vitória, na noite da última quinta-feira, no Pacaembu. A precisão na pontaria nos minutos finais da partida garantiu ao Alviverde a vaga na fase internacional da Copa Sul-Americana – o time venceu por 3 a 0.

Vitoria Fantastica este é o nosso paletra de volta!!!