Bom é chegar na praia, à tardinha,
um anúncio de pôr-do-sol no horizonte,
a água de ondas mansinhas…

Bom é voltar para casa, a chuva diminuindo…

…’Bom é tomar um banho quando a noite cai
e sob as gotas assimétricas do chuveiro,
é bom sentir saudade.’

Ruim é não ter saudade.

Bom é lembrar do primeiro livro,
do primeiro poema…

Ruim é voltar para casa, antes do fim das férias…

Bom é sair sem direção, pelas ruas da cidade,
pensando no que você fez de sua vida,
quantos grão de trigo largou pelo caminho árido,
quantos erros e palavras vis cometeu,
e é melhor ainda se perdoar,
começar a sonhar, novos projetos,
subitamente ter uma boa idéia e para o
melhor amigo telefonar.

Bom é sonhar. Realizar não é tão bom,
mas ruim mesmo é não realizar.

Bom é a arte, que faz até a vida melhorar…

O fim de um grande amor é muito, muito ruim.
Principalmente porque um grande amor não tem fim…